Confesso que ainda estou no clima de começo de ano, leia-se fazer projetos e não ter iniciativa alguma. Mudança de escola, projetos para mudar de casa, reformas, tudo contribuiu para isso acontecer.

O pequeno susto ao saber que só teria 2 semanas de férias — haha, a minha escola prorrogou o ínicio das aulas, obrigada! — fez com que o ano começasse com tamanha correria. 2014 promete ser um ano bem incomum. E um ano mezzo difícil, mezzo ocupado segundo a numerologia e horóscopo (ha, dessa vocês não sabiam, pois é, leio essas previsões por mais que não eu acredite tanto assim ou não deseje que a ‘parte negativa’ ocorra).

Ainda me restam exatos 353 dias para fazer alguma diferença, e já estou sentindo o peso desses 12  pelo quais eu não fiz absolutamente nada de produtivo. Os anos vão passando (falou a idosa), e o tempo vai começando a pesar, é incrível isso. Não sei se é resultado da sugestão entretanto, estou começando a acreditar no tal de “depois dos quinze…”.

Me dei conta de que estou há 5 anos na blogosfera e 3 anos somente com este blog, tanta coisa mudou de lá pra cá que se eu listasse de um por um soaria até como utopia. De qualquer forma, estou satisfeita, conquistei seguidores e visualizações sem precisar mendigar, copiar conteúdo ou gerar  polêmicas. Não que estes sejam motivos para eu me vangloriar ou coisa parecida, longe disso, haha. Mas uma coisa que me irrita é que alguns blogueiros, principalmente do Blogger, é serem demasiadamente sedentos por meros números — mesmo que estes não reflitam fielmente resultado dos esforços.

Enfim, o ano que se passou não foi um dos melhores, poderia classificá-lo apenas com uma palavra: decepção.
Sabe aquela meta que você traçou o ano inteiro e quando está para acontecer… Tcharam! Causas externas fazem você cancelar tudo. Foi um ano ruim em diversos aspectos da minha vida. Claro que ele não se resume só a isso. Foi também um ano que eu conheci pessoas incríveis, mesmo que eu não tenha as visto pessoalmente. Pode-se dizer também que foi um ano para encerrar ciclos.
Felizmente, 2013 acabou! Como eu citei anteriormente, criei metas para 2014.

Que são…

Arranjar um emprego

Duvido que meus pais irão permitir mas não custa tentar, não é? Eles fazem a linha super protetores, se tivesse homeschool no Brasil eles com certeza me colocariam, só para não terem que se preocupar comigo fora de casa. Tem apenas um porém: sou tímida, e na maioria desses projetos de ‘primeiro emprego’, ‘menor aprendiz’ exigem bastante contato social, entrevistas e atender telefonemas. Ou seja…

Ter domínio pro blog

Sempre quis ter um domínio pro blog, porém meus planos mudaram um pouquinho. Como eu quero montar um site mesmo, com direito a sessão pra loja virtual e portfólio, isso requer uma bom serviço de hospedagem, continuar aqui no Blogger seria inviável. Já experimentei o WordPress e gostei. Depois de muita pesquisa achei o que eu queria mas como eu dependo financeiramente dos meus pais (por isso a meta 1), eles dificilmente deixariam eu ter um. Logo, pretendo realmente mas não prometo nada.

Dedicar-me a música

Há pelo menos 2 anos atrás descobri uma verdadeira terapia: a música. Minha relação com a música é algo de outro mundo e tive que deixar de lado por causa dos estudos. Sei que criar música requer bastante estudo, tento ao máximo melhorar minha técnica e acima de tudo apreciar o que eu ouço. Senti a necessidade de aprender outros instrumentos musicais além do violão, quem sabe eu não me torne uma multi-instrumentista? Dizem que existe tempo pra tudo, vamos ver.

Aprender mais idiomas

Estou no nível intermediário em inglês (só não me torno fluente por preguiça). E desde já quero mudar isso. Tenho a pretensão de aprender hebraico, polonês e alemão. Sei que demora, 2014 seria apenas o início.

Organizar meu tempo

Normalmente já não tenho tempo pra nada. E pior: não administro para melhor aproveitamento. Isso acaba afetando várias áreas da minha vida. Talvez essa seja a meta mais primordial de todas, através dela que eu vou conseguir realizar as outras.

Mais dedicação ao blog

Estou ciente de que em 2013 eu quase não apareci por aqui, sem mais desculpas, reconheço plenamente, fui bastante negligente com o blog. Vamos torcer para que esse ano seja diferente.

Essas são umas dentre várias metas que eu planejei para este ano. E cabe somente a mim ter força de vontade para cumprir.

That’s all folks!

19 anos, estudante de Computação Gráfica, apaixonada por fotografias com ruído e músicas antigas. Maquiadora nas horas vagas e blogueira em tempo integral.

11 ideias sobre “Um recomeço

  1. Flor, você pode por gentileza dizer onde conseguiu o tutorial desse menu, eu quero usar, mais não igual, vou fazer umas alterações pra ficar mais lega, obrigada. acho o seu blog lindo demais.

    1. Olá!

      Muito obrigada pelos elogios, fico em feliz em saber que você gostou ❤

      Então, não segui nenhum tutorial mas em breve irei postar um com esse estilo menu horizontal 🙂

  2. Espero que tenhas um bom 2014! Estou agora a fazer um comentário assim meio à pressa, tenho que ir jantar, mas de qualquer maneira tive aqui uns quinze minutos a dar uma olhado no blog e adorei! 🙂 já estou a seguir 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *